Você está vivendo ou sobrevivendo? Já se fez essa pergunta tão simples, mas tão significativa para sua vida? Há uma clara diferença entre viver e sobreviver. Viver é aproveitar a vida, os bons momentos, a família, o tempo livre, ou seja, aproveitar os prazeres da vida, sejam eles pequenos ou grandes.

Sobreviver é apenas se manter vivo biologicamente, da maneira mais simples possível. Se alimentar, dormir, fazer suas necessidades mais básicas. Sem prazer e sem nada de relevante. É quase que viver por instinto, como os animais selvagens fazem.

Mas sobreviver não é só exclusividade dos animais. Você acreditaria que hoje em dia muitas pessoas do nosso ciclo social estão nessa mesma situação? E se você está lendo esse texto, provavelmente também pode estar apenas sobrevivendo?

Sobreviver na nossa vida moderna é trabalhar em algo que não gosta apenas pelo salário. São aquelas pessoas que esperam o final do dia para poder começar a viver, a fazer algo novo e que seja relevante para suas vidas, que planejam e contam os dias para as férias, porque sabem que será uma oportunidade quase única de encontrar um mês inteiro de felicidade e prazer, são as pessoas que odeiam as segundas-feiras e passam a semana esperando pelo sábado.

Se você já se sentiu nessa situação, pare e pense um pouco sobre isso. Pense um pouco sobre como você pode estar deixando sua vida passar diante dos seus olhos. Se você está sempre adiando o seu prazer, quando resolver mudar já pode ser tarde demais.

Por isso comece a viver agora! Identifique aquilo que te faz mal e mude. Tenha prazer dentro e fora do trabalho. Encontre tempo para os seus hobbies e para correr atrás de seus objetivos. Não adie mais a sua oportunidade única que você tem de aproveitar a sua vida.

Você está vivendo ou sobrevivendo no seu trabalho? Deixe a resposta abaixo.